CONFECÇÃO DE UM MANUAL DE QUÍMICA EXPERIMENTAL PARA O ENSINO MÉDIO

LAURA MARCINE PRANKE, WOLMAR ALIPIO SEVERO FILHO

Resumo


O presente trabalho tem por finalidade discutir a importância da utilização de atividades práticas no conteúdo de química. Mostrar que a realização de experimentos ajuda a aproximar a química vista na sala de aula do cotidiano dos alunos, tornando assim as aulas mais dinâmicas. Pois a grande resistência que os estudantes do ensino médio demonstram em relação à Química foi um dos motivos para decidimos nos dedicar à confecção de um Manual de Química voltado especialmente ao ensino médio. Assim, o professor tem como 223missão224 transformar a sociedade, exercendo a função de protagonista principal da educação. A proposta deste manual tem como objetivo viabilizar atividades experimentais de Química e com forte apelo interdisciplinar, para que os alunos se envolvam intensivamente na aprendizagem, promovendo motivação, que é ao mesmo tempo dinâmica e também incentivadora240 a todos. Pode definir também como objetivo, levar para os alunos de escola pública e com reduzida carga horária, realidades contextuais que envolvam processos químicos industriais, através de atividades práticas em laboratório para despertar o interesse pelas mesmas. Este manual está sendo desenvolvido com recursos do Núcleo de Socialização de Ciência e Tecnologia da UNISC e por alunos do curso de Química Licenciatura e bolsistas PIBID onde os mesmos testam os experimentos, e também estão sendo disponibilizados materiais aos professores de química das escolas de (EM) da região, para que eles, juntos aos seus240 alunos, consigam realizar/testar os mesmos. Experimentos direcionados, objetivos de fácil entendimento e de baixo custo, que os alunos podem realizar em suas próprias escolas com o auxilio do professor responsável. A metodologia é simples complementada por literatura instituída e com materiais de laboratório de convencionais e/ou alternativos. Pretende-se também diagnosticar os experimentos vinculados ao conhecimento químico presente nos livros, devido à carência de materiais que auxiliem o professor para introduzir a disciplina, uma boa parte dos alunos que entra no Ensino Médio traz uma bagagem de conhecimento de Química muito incipiente e deficiente. O manual, inicialmente proposto para 60 experimentos, está dividido em três partes: vinte experimentos para o primeiro ano do EM, vinte para o segundo ano e outros vinte para o terceiro ano do mesmo. O projeto também está sendo divulgado através de palestras realizadas na própria Universidade, para professores da região com o intuito deles estimularem ainda mais os seus alunos.240 Desta forma240a extensão propicia aos bolsistas a oportunidade de levar aos alunos do ensino médio os conhecimentos desenvolvidos nos seus estudos acadêmicos.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.