A INFLUÊNCIA DAS NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO NO CONSUMO INFANTIL

Cleidiane Sanmartim, Caroline Bitencourt

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo avaliar diante da evolução de conquista dos direitos de crianças e adolescentes, e da crescente evolução e disseminação das novas tecnologias, o consumo infantil desenfreado que vem crescendo no mundo todo, especialmente no Brasil. Primeiramente se faz uma abordagem à lenta conquista de direitos e do reconhecimento dos infantes como pessoas em situação de peculiar desenvolvimento, seguida de uma abordagem sobre a expansão e disseminação das novas tecnologias e por fim, a influência destas sobre o consumo deste público. Dessa forma é possível perceber que atualmente os pais vêm terceirizando a paternidade para esses atrativos tecnológicos, suprindo sua ausência, com acesso ilimitado a televisão e à internet, o que corresponde na influência que as propagandas tem sobre esses infantes, transformando-os em consumidores compulsivos, e tudo isso com permissão dos pais, que cedem aos pedidos, já que se sentem culpados por não serem totalmente presentes. Como solução, pode-se aprimorar a legislação de conteúdos próprios e impróprios para esse público, bem como a limitação das propagandas que acabam por induzir o consumo infantil.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.