DELINQUÊNCIA JUVENIL: CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS

Laís Michele Brandt, Lauro Junior Brandt

Resumo


O presente artigo trata do tema da delinquência juvenil, sob os aspectos econômicos e sociais. Pretende-se, à luz da literatura recente e relevante a propósito da situação em tela, analisar partindo de fatores relevantes que envolvam crianças e adolescentes à marginalização, especialmente, da pobreza e da exclusão social. Para tanto, utiliza-se a metodologia de pesquisa bibliográfica que consiste, basicamente, na leitura, fichamento e comparação das teorias dos principais autores do Direito que tratam desse problema. Partindo-se do pressuposto da repercussão da violência na infância e na adolescência em nosso país, da qual vem sendo apanhada pela sociedade de forma crítica, devido a falta de conscientização das consequências que ocasionam o envolvimento dos infantes com condutas ilícitas, bem como considerando os principais aspectos atinentes à literatura em foco, a delinquência juvenil é um tema que se apresenta como estudo fundamental para todos os cidadãos, em razão dos seus reflexos que repercutem sobre os interesses a organização e o desenvolvimento social e econômico de toda a sociedade.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.