A INFLUÊNCIA DO RAP NACIONAL COMO INSTRUMENTO CONTEMPORÂNEO DE MANIFESTAÇÃO E RESSOCIALIZAÇÃO DA POPULAÇÃO CARCERÁRIA NO SISTEMA PRISIONAL GAÚCHO

Angélica da Silva Corrêa

Resumo


O presente artigo versa sobre a influência do rap como mecanismo contemporâneo utilizado para proporcionar ao preso o direito de expressar suas emoções e perspectivas no contexto que está inserido, com o propósito futuro de novas alternativas de vida, ou seja, longe da criminalidade.  Desta forma, objetiva-se inicialmente destacar a situação hodierna do cárcere rio-grandense, no que tange as superlotações, descasos e domínios de facções. Neste contexto, este estudo se propõe a uma reflexão sobre os assuntos a partir da análise de alguns trechos de canções, que relatam a situação vivenciada pelo individuo preso, assim como, citar alguns projetos musicais de rap que estão sendo oferecidos nos presídios do Rio Grande do Sul, e que vem demonstrando resultados na ressocialização do apenado através da expressão musical.  Para tanto, será utilizado o método de abordagem dedutivo, com o método de procedimento monográfico, juntamente com a técnica de pesquisa de documentação indireta, recorrendo-se desde fontes bibliográficas a casos concretos, a fim de ratificar, as iniciativas já existentes e os benefícios obtidos na manifestação e ressocialização do detento.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.