ATORES POLÍTICOS E NOVAS DEMANDAS: AS ARTICULAÇÕES DOS MOVIMENTOS SOCIAIS NO ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO

Denise Silva Nunes

Resumo


Ao longo da história os movimentos sociais foram (e continuam a ser) as alavancas da mudança social. Eles são produtores de novos valores e objetivos em torno dos quais as instituições da sociedade acabam se transformando. Pode-se afirmar que os movimentos sociais exercem uma espécie de contra-poder, mediante um processo de comunicação autônoma, livre do controle dos que detêm o poder institucional. Dito isso, o objetivo do trabalho é discorrer sobre os novos movimentos sociais e novas formas de ação coletiva, contrastando principais aspectos com o modelo tradicional marxista, frente ao contexto de novas demandas. Busca-se trazer as contribuições teóricas da sociologia política dos movimentos sociais, utilizando-se de pesquisa bibliográfica. Como resultado final, destaca-se que a teoria dos novos movimentos sociais está incompleta porque os conceitos que a sustentam não estão suficientemente explicitados. No entanto, é possível afirmar que os movimentos contribuem para a força das ideias e para mobilizar os grupos e programas políticos.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.