O MODELO JURISDICIONAL FRENTE À TRANSIÇÃO DO ESTADO LIBERAL À JURISDIÇÃO DO ESTADO DE BEM-ESTAR SOCIAL: UMA ANÁLISE CRÍTICA DA FIGURA DO MAGISTRADO

Géssica Adriana Ehle, Gil Monteiro Goulart

Resumo


O presente trabalho tem por enfoque a análise do modelo jurisdicional frente à evolução do Estado, tendo o magistrado e sua forma de atuação tendo alcançado poder demasiado fomentando o solipsismo judicial no processo. Para isso foi adotado a matriz teórica hermenêutica, por meio da análise crítica do papel do juiz em seu decisionismo judicial em que pese as suas concepções pessoais para prolatar a sentença no processo diante do caso concreto. O método de procedimento monográfico com o recorte da evolução do modelo de Estado e ainda analisando a figura do magistrado no processo judicial com a pesquisa doutrinária atinente.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.