RECENTE MUDANÇA NA ESTRUTURAÇÃO DE MODELO FAMILIAR: O PRINCÍPIO DA SOLIDARIEDADE COMO INSTRUMENTO DE CONCRETIZAÇÃO DAS NOVAS FAMÍLIAS

Cristine Beckenkamp, Fernanda Brandt

Resumo


O presente artigo tem como objetivo estudar a construção da família contemporânea por meio das mudanças sociais e da evolução legislativa brasileira, tendo como pano de fundo o princípio da solidariedade. Para tanto o problema do artigo consiste em identificar se há prevalência do princípio da solidariedade embasando a estruturação e concretização das novas famílias? Por meio do método exploratório, com a finalidade de obter informações acerca das características que compuseram a recente mudança na estruturação do modelo familiar, por meio de um instrumento principal de concretização destas novas famílias, com abordagem qualitativa do resultado da pesquisa, alcançou-se a resposta de que o princípio da solidariedade familiar destaca-se como um pilar de sustentação das famílias contemporâneas, que nos dias atuais estão totalmente voltadas para as realizações pessoais, deixando de lado conceitos e definições da família matrimonializada que tinha na figura do homem o centro familiar. O procedimento adotado será o da pesquisa bibliográfica mediante a consulta de referências em livros, artigos científicos e revistas relacionadas ao tema. O resultado alcançado é que a vivência do princípio da solidariedade familiar é fundamental nas novas estruturas familiares.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.