INCLUSÃO SOCIAL E DIVERSIDADE DE GÊNERO DE PESSOAS TRANSEXUAIS NO MERCADO DE TRABALHO BRASILEIRO

Alberto Barreto Goerch, Denise Regina Quaresma da Silva

Resumo


O presente artigo objetiva estudar a visibilidade e inserção de transexuais no mercado de trabalho brasileiro do século XXI, sob a perspectiva da diversidade de gênero.  O método de abordagem foi o dedutivo, visto que o estudo inicia da diversidade de gênero em seu aspecto geral e chega até o contexto da inserção no mercado de trabalho da pessoa transexual.  O método de procedimento utilizado foi o histórico, pois foram utilizados livros, artigos e trabalhos de conclusão de curso a fim de encontrar a solução adequada à tal problemática. Diante disso, concluiu-se que as possíveis formas de inclusão do grupo transexual no âmbito profissional, tem por alternativa dois viés: amparar estes indivíduos na forma legislativa, afim de dar limites aos cidadãos que discriminam esses seres humanos, para que desse modo, tenha-se como dar uma maior segurança e uma maior oportunidade para os/as transexuais decidirem, ou pelo menos terem a opção de escolha no que diz respeito ao trabalho. Em uma segunda perspectiva, há a necessidade de desconstrução da cultura machista/heteronormativa de preconceito e discriminação dos mesmos, e que de forma educacional, priorize políticas e medidas públicas que enfatize a necessidade de dar visibilidade e inserção a essas pessoas.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.