FORTALECENDO VÍNCULOS FAMILIARES: UMA EXPERIÊNCIA NO PROGRAMA PRIMEIRA INFÂNCIA MELHOR

Ana Paula Borges Carvalho, Raquel Dalcim

Resumo


Este estudo tem como objetivo descrever a experiência de duas acadêmicas do curso de Psicologia da Universidade de Passo Fundo (RS) enquanto visitadoras durante o estágio extracurricular do Programa Primeira Infância Melhor. Uma política pública do governo do estado do Rio Grande do Sul, que visa promover um desenvolvimento integral em crianças de 0 a 6 anos através do fortalecimento do vínculo familiar. Nesse sentido, discutiremos como essa política têm potencializado as famílias atendidas, em bairros de maior vulnerabilidade social, na cidade de Passo Fundo – RS – Brasil. Compreendendo de que forma a participação de visitadores pode potencializar a criação e manutenção de vínculos familiares. Para tanto, a metodologia empregada foi o relato de experiência, por possibilitar uma maior expressão das vivências obtidas durante o estágio, sendo um retrato mais íntimo e fiel às relações estabelecidas entre os sujeitos envolvidos neste processo. Vale salientar que as acadêmicas ainda exercem esta função, tendo seu trabalho iniciado em março de 2018. Por conseguinte, o presente artigo serve também como uma ferramenta para reflexão dos objetivos atingidos e do que se busca ainda construir. Tendo como aporte teórico durante todo este processo os pressupostos de Winnicott e John Bowlby, principalmente. Até o presente momento foi constatado que famílias acompanhadas pelo Programa demonstram um maior envolvimento e comprometimento com o bem-estar de suas crianças. Consequentemente a grande maioria dessas crianças tende a desenvolver suas capacidades cognitivas, motoras e afetivas de maneira mais adequada. Demonstrando a importância e o grande potencial transformador das políticas públicas voltadas para a primeira infância.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.