Voltar
 

 

Tipo de Produção

Dissertação (Mestrado em Letras)

Área do Conhecimento
Linguística, Letras e Artes
Instituição de origem
UNISC, Programa de Pós-graduação em Letras
Programa de Origem
Universidade de Santa Cruz do Sul
Autor(a)
Sousa, Lucilene Bender de
Orientador(a)
Gabriel, Rosângela
Título
Aquisição lexical através da leitura
Assunto
Leitura
Crianças
Linguagem
Aquisição de linguagem
Conscientização da linguagem nas crianças
Lexicologia
Cognição em crianças
Ano da defesa
2011
Número de páginas
E-mail do autor
lenebender@uol.com.br
Resumo
Resumo : Nesta dissertação investigamos como ocorre a aquisição lexical por meio da leitura. Para isso, utilizamos duas metodologias, bibliográfica e experimental. No primeiro capítulo, apresentamos nossa investigação sobre os principais pontos teóricos relacionados ao tema. Nossa abordagem, predominantemente cognitiva, inicia explorando o léxico mental e sua organização. Em seguida, investigamos a aquisição lexical antes e durante a idade escolar, juntamente com o desenvolvimento de conceitos e sua relação com a metacognição. Na terceira seção, exploramos os processos de leitura e inferência, com ênfase na inferência lexical em L1 e L2. Por último, traçamos um breve histórico e descrição das principais pesquisas em aquisição lexical por meio da leitura, revisando metodologias e resultados. No segundo capítulo, descrevemos a pesquisa experimental, analisamos e discutimos os dados obtido s nas três etapas do experimento: o pré-teste de vocabulário, a leitura mediada de quatro livros infantis e o pós-teste de vocabulário. A coleta de dados foi realizada com dois grupos, o experimental, que teve a leitura mediada das histórias, e o controle, que teve a leitura oral, sem mediação. Os sujeitos foram 43 crianças na faixa etária de 7 a 9 anos, que estavam cursando o terceiro ano do Ensino Fundamental em duas escolas públicas do município de Santa Cruz do Sul/RS. Os resultados mostraram incremento de conhecimento lexical nos dois grupos, em especial no grupo experimental, o que evidencia um efeito positivo da leitura mediada sobre a aquisição lexical. A estratégia de mapeamento fonológico foi a mais utilizada durante o contato das crianças com as novas palavras, seguida pelo uso da informação contextual e do conhecimento prévio. A frequência e a qualidade dos contatos com as palavras nas histórias foram fatores determinantes para a aquisição lexical. Observamos também que o conhecimento lexical das crianças dessa idade é parcial para muitas palavras e fortemente atrelado a contextos de uso já experienciados. A combinação de análises qualitativas e quantitativas mostrou-se eficiente na investigação da aquisição lexical por meio da leitura, revelando a importância de métodos qualitativos como protocolos verbais em grupo e entrevistas para as pesquisas em aquisição lexical
 
Visualizar arquivo