Efeito agudo do método de facilitação neuromuscular proprioceptiva na flexibilidade de bailarinas

Giane Andreia Souza Siqueira, Antonio Grande, Valter Silva

Resumo


Objetivo: Verificar a resposta aguda do método de
Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva (FNP) na flexibilidade
e a influência das variáveis idade, peso, estatura
em praticantes de Ballet Clássico. Método: A amostra foi
composta por 11 bailarinas, com média de idade de 10,91
± 0,79 anos praticantes regularmente de Ballet clássico
duas vezes por semana com no mínimo de 5 anos de experiência.
Foi utilizado o método de FNP nas bailarinas. Para
avaliação da flexibilidade foi utilizado o Banco de Wells.
Para analise estatística utilizou o teste de “t” de Student
para amostras dependentes e análise de regressão Stepwise
Forward com p≤0,05. Resultado:A diferença média
de amplitude de movimento foi 4,81 ± 1,99 cm. Já a
variável estatura demonstrou-se influenciar significativamente
na flexibilidade. O método FNP demonstrou efeito
agudo significativo na flexão de quadril em bailarinas.

Palavras-chave


Amplitude de Movimento Articular; Propriocepção; Dança

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/cinergis.v14i1.3650

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo