ESTRATÉGIA DE PROJETOS E COMPLEXIDADE NA ESCOLA: POSSIBILIDADES PARA UMA EDUCAÇÃO EM VALORES

Ricardo Fernandes Pátaro

Resumo


Este artigo tem origem em uma dissertação de mestrado e pretende discutir de que forma o trabalho com a estratégia de projetos em uma perspectiva de complexidade oferece possibilidades para uma educação em valores, na medida em que introduz na escola o estudo de temáticas que buscam respostas aos problemas sociais. Para se atingir os objetivos propostos, foi analisado um projeto desenvolvido com uma turma de 5º ano do Ensino Fundamental. Os dados foram coletados a partir das atividades desenvolvidas, além de um diário de campo contendo reflexões docentes. Os resultados da investigação apontam que a estratégia de projetos – pautada em princípios de complexidade, interdisciplinaridade e transversalidade – pode auxiliar na construção de uma prática pedagógica que articule a aprendizagem dos conteúdos curriculares à formação ética. O trabalho contribuiu para o desenvolvimento de uma educação em valores, apontando caminhos para a formação de cidadãos(ãs) aptos(as) a lidarem com a diversidade e conflito de ideias, bem como capazes de se indignarem com as injustiças cotidianas e desejarem o bem individual e coletivo.

Palavras-chave


Estratégia de Projetos; Complexidade; Interdisciplinaridade; Transversalidade; Educação em Valores

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/rea.v21i1.3323

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo