PLATÃO E A FORMAÇÃO HUMANA N’A REPÚBLICA

Luciene Maria Bastos

Resumo


N’A República Platão indaga a respeito do verdadeiro sentido da justiça na constituição da melhor sociedade possível, cuja pedra angular é a formação do homem justo. O filósofo faz referência à expressão por natureza à medida que expõe sua proposta educativa. Isso poderia levar a pensar que o filósofo concebe o processo formativo do homem como o desenvolvimento de aptidões naturais. O intuito deste trabalho é investigar se realmente, e em que medida, a referência à natureza no homem designa dons naturais inatos, bem como sua relação com a educação na formação humana proposta.

Palavras-chave


Natureza; Formação; Alma; Homem

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/rea.v21i1.3747

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo