A CRIANÇA ENTRE O CONFLITO E O CONSENSO

Ademar Pozzatti Junior, Muriel M. Machado

Resumo


O objetivo deste artigo é refletir sobre a importância da mediação nos litígios familiares, principalmente os que envolvem interesses de crianças e adolescentes. A busca pela tutela do Estado na resolução dos conflitos que envolvem o direito de família vem aumentando, e muitas vezes o sistema judiciário acaba prejudicando os laços não resolvendo a “real” demanda. A mediação familiar se apresenta como uma nova proposta com possibilidades de tentar dirimir os efeitos dos conflitos familiares, buscando restaurar o diálogo a partir dos sentimentos e demandas dos envolvidos. No primeiro momento deste artigo, abordar-se-á a construção das novas relações familiares e a importância da mediação na resolução dos conflitos familiares, bem como suas características gerais. No segundo momento deste artigo, refletir-se-á sobre as conseqüências do divórcio para as crianças, bem como sobre a importância da atuação do mediador neste momento que carece de sensibilidade e atenção, buscando assim garantir o melhor interesse da criança envolvida.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.