Determinação de compostos fenólicos e avaliação do potencial genotóxico e antiproliferativo de extratos aquosos das folhas de Psidium cattleianum Sabine (Myrtaceae)

Carmine Aparecida Lenz Hister, Kassia Cauana Trapp, Aline Augusti Boligon, Solange Bosio Tedesco

Resumo


Psidium cattleianum é uma espécie nativa do Brasil valorizada pelo seu uso na medicina popular. O trabalho visou avaliar a atividade genotóxica e antiproliferativa do extrato aquoso de P. cattleianum usando o teste de Allium cepa, bem como testar sua capacidade de reverter mutações ocasionadas pela exposição ao glifosato e ainda determinar os compostos fenólicos presentes nesse extrato. Folhas foram coletadas em quatro acessos: Cerro Largo, Segredo, Tupanciretã e Silveira Martins. Os extratos foram preparados por decocção das folhas em duas concentrações: 15 g.L-1 e 75 g.L-1. Água destilada foi utilizada como controle negativo e glifosato 2% como controle positivo. Foram analisadas 8000 mil células de raízes de cebola por tratamento. Amostras dos extratos aquosos foram analisadas por cromatografia líquida de alta eficiência – CLAE. A análise estatística foi realizada pelos testes Qui-quadrado e Scott-Knott (p < 0,05). Os resultados mostraram que os extratos inibiram a divisão celular de raízes de cebola. Apenas o acesso de Cerro Largo na concentração 15 g.L-1 apresentou genotoxicidade. Os extratos testados na recuperação reverteram parcialmente as alterações cromossômicas. A CLAE mostrou a predominância de quercitrina em um acesso e quercetina nos demais. Conclui-se que os extratos aquosos de araçá possuem atividade antiproliferativa sobre a divisão celular de A. cepa, o que pode ser extrapolado para outros tipos celulares eucarióticos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/cp.v31i1.12864

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo