ESTUDO ETNOBOTÂNICO EM TRÊS COMUNIDADES MBYA/GUARANI NA REGIÃO CENTRAL DO RIO GRANDE DO SUL, BRASIL

Autores

  • Diogo de Souza Lindenmaier
  • Jair Putzke

DOI:

https://doi.org/10.17058/cp.v23i3.5885

Resumo

Nas últimas décadas o conhecimento tradicional sobre a utilização dos recursos naturais tem sido estudado e valorizado. Este estudo etnobotânico focalizou a utilização e a origem fitogeográfica das plantas utilizadas em três comunidades indígenas Mbya/Guarani na região central do Rio Grande do Sul/Brasil. Foram realizadas saídas à campo e entrevistas semi-estruturadas com os indígenas mais idosos das comunidades, onde foram identificadas 61 espécies vegetais distribuídas em 35 famílias botânicas com algum tipo de uso. A maioria das espécies identificadas são utilizadas na medicina e são de ocorrência natural na região do estudo, entretanto, algumas espécies exóticas são essenciais à sobrevivência das comunidades.

Downloads

Publicado

2011-12-07

Edição

Seção

Artigos