ENTRAVES CULTURAIS DE APRENDIZAGEM ORGANIZACIONAL NO CONTEXTO DA GESTÃO SOCIAL

Daniela Meirelles Andrade, Jose Roberto Pereira

Resumo


O objetivo deste ensaio teórico é identificar elementos culturais que dificultam o processo de aprendizagem organizacional, voltado para o constructo teórico da gestão social. Para tanto, o texto foi divido em quatro partes. Na primeira, são abordados aspectos relativos ao conceito de gestão social diferenciando-a de outros modelos de gestão. Na segunda parte são apresentadas noções de aprendizagem organizacional, focalizando a importância do capital social e da formação de redes sociais. Na terceira parte são identificados os entraves culturais vivenciados pela aprendizagem organizacional, os quais limitam o desenvolvimento da gestão social. Na última parte sinaliza-se para possíveis iniciativas de superação dos entraves identificados. Entre eles: a realização de pesquisas etnográficas e a promoção de trabalhos de pesquisa com equipes multidisciplinares. Acredita-se que a associação de estudos focando a abordagem cognitivista e a socioprática seria uma alternativa, pois é possível trabalhar em um sentido complementar, englobando aspectos sociais, históricos e cognitivos.

Palavras-chave


aprendizagem organizacional, gestão social, capital social e redes sociais

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/cepe.v0i35.2035

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo