Conselhos gestores de políticas públicas sob o enfoque da teoria das organizações: aproximações teórico-conceituais

Fernanda Gabriela Gandra Pimenta Magalhães, Wesley de Almeida Mendes, Tarrara Alves da Silva

Resumo


Este estudo realiza aproximações teórico-conceituais entre teoria organizacional e conselhos, propondo um aprofundamento das diferentes perspectivas do objeto. São apresentadas interfaces entre o objeto e teoria, seguida das aproximações entre os mesmos e as temáticas da teoria das organizações. Busca demonstrar pelos pontos de interseção apresentados, a contribuição dos estudos organizacionais para o entendimento desse objeto. Concluiu-se que as diferentes perspectivas apresentadas são complementares, indicando que os conselhos, instâncias permeadas por conflitos de poder e questões culturais, constituem-se nova forma organizacional que é implementada via redes de parcerias entre sociedade e Estado. Infere-se também que a institucionalização dos conselhos abarca de um novo momento e forma de gestão pública, desenvolvida sob a lógica da ação racional substantiva e paradigma humanista.

Palavras-chave


Conselhos Gestores; Teoria Organizacional; Gestão Social

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/cepe.v0i43.7438

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo