A razão cintura para estatura relacionada ao perfil gligêmico elevado em meninos

André de Camargo Smolarek, Roseane Fátima Guimarães, Michael Pereira Silva, Luis Paulo Gomes Mascarenhas, Wagner de Campos

Resumo


Verificar a associação de indicadores antropométricos com fatores de risco a doenças cardiometabólicas é de extrema importância principalmente em adolescentes. O objetivo do estudo foi verificar a associação da razão cintura para estatura RCE com o perfil glicêmico GL em meninos da cidade de Curitiba, Paraná. a amostra foi constituída de 123 meninos de 14,25 ±2,25 anos de idade. Foi aferida a massa corporal, estatura, Perímetro da cintura, RCE e GL em jejum. A estatística utilizada foi de média, desvio padrão e frequência percentílica, correlação de Pearson e regressão logística binária IC-95% e p<0,05. Os resultados foram que RCE = 12,2% e GL= 24,4% dos avaliados apresentavam valores alterados e que indivíduos com RCE ≥0,5 apresentam 2,04 (IC= 1,904 – 4,599) vezes mais chances de estarem com alterações do perfil glicêmico. Desta maneira concluímos que a RCE esta associada com a GL em meninos adolescentes.

Palavras-chave


RCE, Perfil Glicêmico, Adolescentes

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/cinergis.v13i1.2418

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo