Avaliação da atenção básica em Santa Cruz do Sul: Método de Estudo

Graziela Meneghelli Cebrelli Pletsch, Liane Teresinha Schuh Pauli, Rafael Luiz Doncatto, Vilmar Fontanive Junior, Margarida da Silva Mayer, Fúlvio Borges Nedel

Resumo


Introdução: A organização do primeiro nível de atenção à saúde, segundo os princípios e atributos da Atenção Primária à Saúde (APS), melhora a capacidade de enfrentamento dos problemas de saúde individuais e coletivos. Para tanto, são necessários estrutura e processo de trabalho adequados, cuja avaliação deve ser utilizada pela gestão em saúde. Objetivo: apresentar o problema e discutir o método de coleta de dados de duas pesquisas de avaliação da APS. Método: descrição passo a passo da confecção dos questionários, seleção e capacitação dos entrevistadores, coleta de dados, controle de qualidade, dificuldades e soluções encontradas. Resultados: Os instrumentos de coleta foram bem compreendidos pelos entrevistados e puderam ser aplicados sem grandes problemas; poucas adaptações foram necessárias em virtude dos horários dos entrevistadores e participantes. Conclusão: O conjunto de informações deste artigo pode ser utilizado para orientar novos pesquisadores na área da saúde e suas considerações são úteis para evitar possíveis dificuldades encontradas pelos mesmos.

Palavras-chave


Atenção Primária à Saúde; Técnicas de Pesquisa; Coleta de Dados.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/cinergis.v13i1.2545

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo