Exercício físico aeróbio, resistido e combinado: efeitos na pressão arterial em indivíduos hipertensos

Julia Spanhol da Silva, Cleiton Chiamonti Bona

Resumo


Objetivo: analisar possíveis efeitos na pressão arterial de três sujeitos hipertensos, a partir da aplicação de três tipos de exercícios: aeróbio, resistido e combinado. Método: o estudo de caso utilizou, como instrumento, equipamento manual de verificação de pressão arterial, monitor de frequência cardíaca Polar, ficha de anotações da pressão arterial e frequência cardíaca. Os sujeitos analisados realizaram as atividades em academia do município de Passo Fundo-RS. Resultados e considerações finais: na PAS e na PAD, o exercício que obteve efeito hipotensor foi o resistido e na FC, o treinamento que obteve melhor resposta hipotensora foi também o treino resistido, seguido do treinamento combinado, em que o treinamento aeróbio apenas diminuiu seus valores de desvio padrão. Para tanto, conclui-se que, para estes indivíduos participantes do estudo, o melhor treinamento e os melhores resultados foram alcançados pelo treinamento resistido.

Palavras-chave


Pressão Arterial; Hipertensão Arterial Sistêmica; Exercício Físico; Efeito Hipotensor

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/cinergis.v14i3.3809

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo