Variação sazonal dos hábitos alimentares, prática de atividade física, composição corporal e pressão arterial de universitários

Sandra Fachineto, Clodoaldo Antônio de Sá

Resumo


O objetivo deste estudo foi avaliar a variação sazonal dos hábitos alimentares, prática de atividade física, composição corporal e pressão arterial de universitários de ambos os sexos em dois diferentes períodos do ano: junho e outubro. Para tanto, foram avaliados 50 acadêmicos regularmente matriculados na Universidade do Oeste de Santa Catarina – UNOESC, campus de São Miguel do Oeste/SC. Os resultados mostraram que não ocorreram diferenças estatisticamente significativas (p< 0,05) para nenhuma das variáveis de composição corporal, nutricionais e nos valores da pressão arterial sistólica (PAS) e pressão arterial diastólica (PAD) em relação a primeira e segunda avaliação. Por outro lado, quando se estabeleceram comparações entre os sexos, diferenças significativas (p< 0,05) para as variáveis massa corporal, massa corporal magra (MCM), índice de massa corporal (IMC), ingestão de proteínas (%), pressão arterial sistólica (PAS) e pressão arterial diastólica (PAD) foram observadas na primeira avaliação, sendo mais elevadas no sexo masculino quando comparado ao feminino. Da mesma forma, na segunda avaliação observou-se diferenças estatisticamente significativas (p< 0,05) para as variáveis massa corporal, MCM, IMC, circunferência de cintura (CC), relação cintura-quadril (RCQ), PAS e PAD, as quais foram mais elevadas no sexo masculino em relação ao feminino. Quanto a prática de atividade física, pudemos constatar que a maioria do grupo é considerado “ativo”, ocorrendo uma variação nesse nível nos diferentes períodos analisados. Sendo assim, podemos concluir que foi observado mudanças sazonais entre os sexos principalmente em relação aos hábitos alimentares e à prática de atividade física.

Palavras-chave


Hábitos Alimentares; Prática de Atividade Física; Composição Corporal; Pressão Arterial; Universitários.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/cinergis.v8i2.554

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo