Análise de variáveis fisiológicas e perceptuais durante combates de Brazilian Jiu-Jitsu

Julio Cesar Barbosa de Lima Pinto, Adriano César Carneiro Loureiro

Resumo


Objetivo: analisar o comportamento de marcadores fisiológicos e perceptuais de carga interna em combates sucessivos de Jiu-Jitsu e verificar possíveis correlações entre essas variáveis. Método: participaram do estudo cinco lutadores (28,4 ± 5 anos; 175 ± 6 cm; 82,4 ± 7 kg; % gordura 12,7 ± 3). Todos realizaram três combates com duração e intervalos de seis minutos. Foram analisados em cada combate: Frequência Cardíaca (FC), Percepção Subjetiva de Esforço (PSE) e Lactato (LAC). Resultados e considerações finais: o comportamento da FC (combate I: 85%; combate II: 86%; combate III: 90% da máxima predita), PSE (combate I: 5,6±3; combate II: 6,4 ± 2; combate III: 8 ± 3) e LAC (combate I: 4,6 ± 1,5; combate II: 7,3 ± 2,2; combate III: 6,12 ± 2) foram semelhantes ao longo das lutas. Foi observada correlação entre FC e LAC no primeiro combate (r = 0,97 p < 0,01) FC e PSE no último combate (r = 0,89 p < 0,05). Conclui-se que combates sucessivos de jiu-jitsu apresentam alta demanda cardiovascular e perceptual, e as variáveis analisadas tiveram correlação somente em alguns combates, o que reforça a necessidade do uso de marcadores fisiológicos e perceptuais de avaliação para análise da carga interna imposta a esses atletas.

Palavras-chave


Artes Marciais; Frequência Cardíaca; Monitoramento Fisiológico; Lactato; Esforço Físico.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/cinergis.v16i3.6349

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo