Análise cienciométrica sobre a relação da vivência de eventos de vida produtores de estresse e desenvolvimento de câncer

Fernanda Paini Leite, Bruna Alexandra da Silva Cruz, Marcelo Picini Bernuci, Mirian Ueda Yamaguchi

Resumo


Objetivo: identificar a produção científica nacional e internacional sobre a possível associação da vivência de eventos de vida produtores de estresse e o desenvolvimento de câncer. Métodos: estudo cienciométrico sobre a produção científica veiculada em periódicos indexados nos bancos de dados United States National Library of Medicine (PubMed), Scientific Eletronic Library Online (SciELO) e trabalhos disponíveis na Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) por meio de busca pelos seguintes descritores; “life events influence cancer”, “stressful life events cancer” e “traumatic events cancer” e seus correspondentes em língua portuguesa. Resultados: foram selecionados 82 artigos, de um total de 2.176. Verificou-se crescente número de publicações a partir da década de 90, destacando maior parte dos autores da América do Norte. Observou-se maior associação dos eventos estressores com o câncer de mama e a predominância de amostragem do grupo feminino. O luto, perda e a frustração destacaram-se como eventos estressores relacionados à maior possibilidade de desenvolvimento de câncer. Dos estudos selecionados 40,9% apresentaram correlação positiva, 25,3% correlação negativa e 33,8% foram inconclusivos. Considerações finais: verificou-se controvérsia nos resultados das publicações científicas no que tange à análise de correlação entre o desenvolvimento de câncer e presença de eventos de vida produtores de estresse, sugere-se a necessidade da realização de novos estudos que abordem esta temática.

Palavras-chave


Trauma; Fatores de Estresse; Câncer.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/cinergis.v17i3.8133

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo