Perfil antropométrico e a relação da flexibilidade com a dor e desconforto em trabalhadores da indústria de Santa Cruz do Sul – RS

Patrik Nepomuceno, Cassiane de Mendonça Braz, Kely Lisandra Dummel, Diéssica Wendt, Greis Daniela de Campos, Analie Nunes Couto, Guilherme Görgen da Rocha, Miriam Beatrís Reckziegel, Hildegard Hedwig Pohl

Resumo


Trabalhadores industriários estão expostos a diversas situações que podem agravar a sua saúde. A promoção da saúde no trabalho é de extrema importância e exige intervenção interdisciplinar. Objetivo: identificar o perfil antropométrico e a relação de flexibilidade com a presença de dor e desconforto em trabalhadores da indústria do município de Santa Cruz do Sul, RS. Método: Trata-se de um estudo transversal com trabalhadores industriários. Na avaliação antropométrica foram analisados índice de massa corporal e percentual de gordura, já para a flexibilidade foram realizados os testes do manguito rotador e sentar e alcançar. A dor e desconforto foi identificada através de uma figura do corpo humano onde eles referiam estes sintomas. Resultados: a maioria dos industriários apresentam excesso de peso (56,4%) e bom percentual de gordura (49,2%), porém possuem resultados inadequados de flexibilidade de ombro (71,0%) e parte posterior de tronco e pernas (64,6%) e presença de dor e desconforto em ombros (50%) e costas (26,6%). Ao relacionar a flexibilidade com a presença de dor e desconforto, percebe-se que as variáveis não se relacionam diretamente. Considerações finais: o perfil dos trabalhadores da indústria se caracteriza por excesso de peso, baixa aptidão na flexibilidade e presença de dor e desconforto. Sobre a dor e desconforto observa-se uma tendência de associação entre níveis de flexibilidade inadequada e a presença destes sintomas.

Palavras-chave


Saúde do Trabalhador; Antropometria; Flexibilidade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/cinergis.v17i4.8151

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo