Acesso às políticas públicas em cidades médias: a situação dos moradores do Residencial Santo Antônio

Nicole Signori Conci, Silvia Virginia Coutinho Areosa, Claudia Tirelli

Resumo


O presente artigo expõe os dados parciais de uma pesquisa iniciada em 2016 e intitulada “Segregação urbana e desigualdades no acesso às políticas públicas em cidades médias”. Apresenta dados qualitativos e quantitativos obtidos em um de seus objetos de estudo, o Residencial Santo Antônio, o primeiro conjunto habitacional construído com recursos do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV), no município de Santa Cruz do Sul/RS, para a população de baixa renda e/ou em situação de vulnerabilidade social, residentes em áreas de risco. Os dados apresentados a seguir foram obtidos através de visitas realizadas ao local para a aplicação de um questionário sociodemográfico; bem como através da realização de entrevistas com os principais gestores desta política pública. Como resultados obtidos, observa-se que as condições de moradia e de acesso aos bens e serviços públicos pouco mudaram após o deslocamento para este local.

Palavras-chave


Segregação urbana. Políticas públicas. Programa Minha Casa Minha Vida

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/rjp.v8i2.11849



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo


PRÓ-REITORIA ACADEMICA, DIREÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO


Av. Independência, 2293
CEP 96815-900 - Santa Cruz do Sul - RS
Bloco 25 - Sala 2501
Fone: +55-51-3717-7341