Educação do Campo no Brasil – a experiência da Escola Família Agrícola de Santa Cruz do Sul - EFASC

Autores

  • João Paulo Reis Costa
  • Virgínia Elisabeta Etges Universidade de Santa Cruz do Sul, Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul, Brasil. Escola Família Agrícola de Santa Cruz do Sul - EFASC

DOI:

https://doi.org/10.17058/redes.v21i3.7528

Palavras-chave:

Escola Família Agrícola. Pedagogia da Alternância. Participação

Resumo

Este artigo apresenta uma reflexão sobre a Educação do Campo no contexto da realidade brasileira, destacando o significado das Escolas Família Agrícola - EFAs. Com base na experiência da EFASC, referenciada na Pedagogia da Alternância, com a participação das famílias e suas comunidades, alternada com a formação escolar construída no ambiente escolar, as EFAs buscam promover a formação integral do jovem agricultor em técnico agrícola. Nesse processo educativo destaca-se a participação das famílias e instituições regionais como parceiros fundamentais para o desenvolvimento e formação dos estudantes, possibilitando a estes a permanência no campo por opção.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-09-10

Como Citar

Costa, J. P. R., & Etges, V. E. (2016). Educação do Campo no Brasil – a experiência da Escola Família Agrícola de Santa Cruz do Sul - EFASC. Redes (St. Cruz Do Sul Online), 21(3), 300-319. https://doi.org/10.17058/redes.v21i3.7528