A formação do leitor crítico em tempos da emergência das tecnologias de (des)informação

2021-08-24

Como instrumentalizar leitores, de grupos humanos com peculiaridades culturais, educacionais e socioeconômicas diversas, para lidar com as armadilhas da desinformação? Este é um desafio contemporâneo que mobiliza a comunidade científica no sentido de ampliar o entendimento de como, por um lado, funcionam as iniciativas de produção e proliferação de notícias falsas, que incitam a desconfiança e o descrédito dos saberes científicos, o ódio, a indisposição ao diálogo e outros comportamentos de risco para as próprias comunidades alvo desse empreendimento. Tais iniciativas se intensificam, por exemplo, em anos de campanha eleitoral. Por outro, pesquisadores de diferentes áreas convergem na investigação a respeito da formação do leitor crítico, instrumentalizado para analisar de modo livre, reflexivo e esclarecido a profusão de informações a que é exposto. Com o propósito de identificar e reunir produções acadêmicas com o referido foco de investigação ao redor do mundo, propomos a organização de um número da revista Signo, que seja dedicado ao tema "A formação do leitor crítico em tempos da emergência das tecnologias da desinformação", para a publicação em 2022. A fim de dar maior visibilidade ao número, serão priorizados os artigos em língua inglesa.

Organizadores:

Profa. Titular Régine Kolinsky (Universidade Livre de Bruxelas, Bélgica);

Profa. Doutora Fraulein Vidigal de Paula (Universidade de São Paulo, Brasil);

Profa. Titular Ana Luiza Navas (Faculdades de Ciências Médicas da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, Brasil).

Cronograma:

Prazo para submissão: 01/maio/2022

Notificação de aceite: Agosto de 2022

Publicação: Setembro/2022