OLHAR INTEGRAL: PACIENTE JOVEM COM FENDA PALATINA PÓS-CIRURGIA DE CARCINOMA MUCOEPIDERMÓIDE DE BAIXO GRAU

Daniela Godoy Lopes, Gabrielle Loise de Campos, Jorge Ricardo Schmidt Maas, Magda de Sousa Reis

Resumo


Introdução: Os carcinomas mucoepidermóides compreendem cerca de 6% a 9% de todos os tumores malignos de glândulas salivares, ocorrendo com mais frequência nas glândulas salivares maiores. Quando acomete as glândulas salivares menores, o sítio mais frequentemente envolvido é o palato. Aproximadamente 50% dos tumores de glândula salivar que envolve o palato são malignos, e desses 33% a 55% são carcinomas mucoepidermóides que apresentam potencial biológico altamente variável, afetando especialmente adultos jovens sem predisposição por sexo, e usualmente se manifestam como aumento de volume de evolução lenta e normalmente assintomático. Não há predisposição racial e a proporção de homens e mulheres é insignificante, embora alguns autores citem ligeira predileção pelo sexo feminino. Objetivo: Relatar a condição e condução do tratamento odontológico em paciente com fenda palatina decorrente de carcinoma mucoepidermóide de baixo grau. Metodologia: Jovem de 19 anos de idade, sexo feminino, leucoderma retornou à clínica de odontologia da Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC) na disciplina de Estágio Supervisionado Odontopediátrico para ajustes no aparelho obturador palatino móvel, a qual estava muito espessa. Após acolhimento e escuta inicial da paciente, foi realizado exame clínico onde se observou as diversas necessidades que apresentava na cavidade oral e também motivação quanto à higiene bucal. Devido à idade da paciente ela foi remanejada para a disciplina do Estágio Supervisionado III, onde primeiramente buscou-se entender como a situação de doença cárie ficou tão agravada, posteriormente uma instrução de higiene oral foi aplicada e em seguida uma profilaxia. Nesta consulta foi solicitada documentação radiográfica e fotografias intraorais; por fim foi entregue a paciente a obturador palatino ajustado e polido. Resultados: Paciente está seguindo plano de tratamento proposto, aderiu com motivação ao que foi solicitado, providenciando a documentação radiográfica e fotográfica, comparecendo nas consultas e mudando seus hábitos de alimentação e de higienização da cavidade bucal. Um plano de tratamento foi estabelecido e iniciou-se pela adequação das lesões agudas. Conclusão: O histórico da paciente nos mostra a necessidade do Cirurgião Dentista estar atento às diferentes nuances que permeiam a atenção à saúde de pacientes com necessidade de tratamento com visão multidisciplinar, atendendo o princípio da integralidade. Toda essa atenção precisa ser complementada por um aspecto fundamental que é a adesão da paciente ao tratamento e autocuidado da manutenção da sua saúde bucal.

Palavras-chave: Fenda Palatina; Carcinoma Mucoepidermóide; Integralidade.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.