ANÁLISE DO FUTURO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL NO BRASIL FRENTE ÀS EXPERIÊNCIAS DE PRIVATIZAÇÕES OCORRIDAS NA AMÉRICA LATINA

Kelly Francine da Costa Bittencourt, Josiane Borghetti Antonelo Nunes

Resumo


O presente artigo objetiva, através da técnica de pesquisa bibliográfica, analisar as vantagens e/ou desvantagens de uma possível privatização da Previdência Social brasileira, por meio de um estudo comparativo das experiências vividas em alguns países da América Latina que optaram pela privatização de seus sistemas previdenciários. Assim, no primeiro capítulo, buscou-se analisar os acontecimentos pertinentes a evolução da previdência social no Brasil e no mundo, de modo que se entenda o atual funcionamento da Previdência Social brasileira. No segundo momento, foi realizado apontamentos referente a evolução e o crescimento das entidades de previdência privada, analisando seu histórico e funcionamento. Por fim, no terceiro capítulo, foram apresentadas as experiências de três países da América Latina que privatizaram seus sistemas públicos, analisando a forma em que foi realizada e suas consequências atuais. Concluiu-se que as experiências vividas, nos três países da América Latina analisados, representaram um retrocesso social gerando muitos prejuízos aos cidadãos e também ao Estado, não se configurando uma alternativa viável, sequer diante da “suposta crise” da Previdência Social brasileira.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.