IMPACTOS DO CONSUMISMO: AÇÃO ESTATAL E PARTICIPAÇÃO COMUNITÁRIA

Alex Silva Gonçalves, João Pedro Schmidt

Resumo


Este trabalho aborda a importância da participação comunitária no enfrentamento dos danos ambientais derivados do atual modo de produção e de consumo exacerbado. Indaga-se se a coletividade devidamente organizada constitui uma força significativa para diminuir os impactos negativos no meio ambiente e assegurar o equilíbrio ecológico, de forma a garantir a sobrevivência das presentes e futuras gerações. Após evidenciar o impacto do consumismo sobre o equilíbrio do planeta e alertar para os riscos da falta de conscientização acerca da produção e do consumo sustentáveis, indica-se que as soluções para a conservação do meio ambiente requerem a participação comunitária. O Estado tem papel primordial na preservação dos recursos ambientais mediante políticas públicas preservacionistas, mas a fiscalização, o controle e a ação estatal devem ser fortalecidas pelas comunidades.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.