AVALIAÇÃO DE USABILIDADE DA INTERFACE COMPUTACIONAL DE ENTERPRISE RESOURCE PLANNING (ERP)

Ronei Baú, Jean Carlos Hennrichs

Resumo


Este estudo busca apresentar algumas técnicas e ferramentas de IHC (Interface Homem-Computador) que auxiliam na identificação de problemas de usabilidade e possíveis soluções para estas inconsistências, em um sistema de ERP (Enterprise Resource Planning) já existente e em uso comercialmente. A pesquisa de campo constou da aplicação da técnica de Card Sorting, em clientes reais da empresa Uninfo Sistemas de Chapecó-SC, para avaliar a taxanomia da interface principal do ERP Softcom Slim. A partir dos resultados coletados criou-se um protótipo não funcional com a nova taxonomia proposta. A avaliação da interface do software deu-se por meio do tempo de execução, número de cliques no mouse e traçado percorrido. A escolha da realização da pesquisa em um sistema já em uso comercialmente mostrou vantagens e desvantagens. A maior vantagem identificada foi o conhecimento prévio do usuário ao sistema, pois tal conhecimento auxilia na identificação de pontos falhos da taxonomia do sistema avaliado. Em contrapartida, a maior desvantagem foi à baixa aceitação de participação dos clientes que usam o software em questão, neste caso sendo o fator tempo como motivo principal a falta de disponibilidade do usuário em participar da pesquisa. Concluída a pesquisa e o estudo proposto chegou-se à conclusão que a taxonomia da interface do software ERP Softcom Slim necessitaria de alguns ajustes para tornar o mesmo mais ágil, eficiente e eficaz.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.