Levantamento dendrológico em ambiente urbano de Rive, distrito de Alegre - ES

Lucas José Teodoro Lobato, Laís Gonçalves Pires de Souza, Joana Silva Costa, Leonardo Duarte Biazatti, Rafael Marian Callegaro

Resumo


O ambiente urbano pode ficar mais agradável com a arborização urbana, proporcionando o conforto estético, bem como melhoria do estado físico, psicológico e ambiental da população. A obtenção desses benefícios demanda planejamento e manutenção adequada das árvores implantadas. Nesse contexto, o presente trabalho realizado na praça de Rive, distrito do município de Alegre - ES, com o objetivo de identificar e diagnosticar as árvores presentes no local. Foram analisadas a proporção de famílias e espécies, origem geográfica, fitossanidade, área livre, ocorrência de conflitos e o porte (classes de diâmetro e de altura). Foram amostrados 89 indivíduos arbóreo-arbustivos, predominando as famílias botânicas Fabaceae e Arecaceae, a espécie Licania tomentosa (Benth.) Fritsch com maior frequência (18,0% do total dos indivíduos), bem como as espécies exóticas quanto a origem geográfica. Nas demais análises, predominaram fitossanidade regular, área livre maior que 1 m², ausência de conflitos, pequena intensidade de floração e frutificação e, em relação ao porte, a maioria tinha diâmetro menor que 15 cm e a altura menor que 5 m. Constatamos a necessidade de intervenções para melhorar a arborização já implantada e do planejamento de novos plantios, visando minimizar a possibilidade de ocorrerem conflitos futuros.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/cp.v31i3.14992

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo