LEVANTAMENTO FLORÍSTICO E FITOSSOCIOLÓGICO EM ÁREA DE CENTRO DE PESQUISA EM SANTA CRUZ DO SUL, RIO GRANDE DO SUL, BRASIL

Eduarda Naujorks Garcia, Alexssandro Camargo, Jair Putzke, Andreas Köhler

Resumo


Levantamentos fitossociológicos e florísticos são fundamentais para conhecer-se como ocorre a regeneração natural e para planejar melhor atividades de aceleração da recolonização de áreas degradadas. Visando contribuir com estes dados buscou-se estudar a diversidade florística em área reservada a estudos técnicos de uma empresa na região de Cerro Alegre Baixo, município de Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul, Brasil. A área apresenta 320 hectares e foi explorada entre 2011 e 2012 quanto a ocorrência de espécies vegetais a partir do estudo florístico (método do caminhamento) de todas as sinúsias e fitossociológico (método dos quadrantes) para arbóreas. Um mapa da distribuição vegetal foi elaborado. Estes levantamentos consubstanciaram os resultados deste projeto. Foram encontradas no levantamento florístico 206 espécies vegetais e no levantamento fitossociológico das arbóreas foram identificadas 34 espécies. Asteraceae, Poaceae, Fabaceae, Myrtaceae e Cyperaceae foram as famílias dominantes. Juntas elas totalizam 102 espécies o que representa 49,5% das encontradas. A cobertura predominante na área é de campo limpo. Cordia americana e Luehea divaricata foram as árvores com maior frequência, número de indivíduos e densidade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/cp.v25i3.4369


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo