ANÁLISE PRELIMINAR DA INVASÃO BIOLÓGICA POR Ligustrum lucidum W.T. Aiton EM UNIDADE DE CONSERVAÇÃO NO RIO GRANDE DO SUL

Rafaela Badinelli Hummel, Franciele Coghetto, Eliara Marin Piazza, Lucas Donato Toso, Grasiele Dick, Roselene Marostega Felker, Ana Paula Moreira Rovedder

Resumo


O objetivo do presente trabalho foi realizar uma análise preliminar da estrutura e distribuição de L. lucidum em fragmento de Floresta Estacional Decidual no Parque Estadual Quarta Colônia visando o aprofundamento da discussão acerca de estratégias adequadas de controle da invasão pela espécie. Os indivíduos foram divididos em três componentes (ESTR1 – diâmetro à altura do solo menor que 1 cm, ESTR2 – circunferência à altura do peito entre 1 e 5 cm, e ESTR3 – circunferência à altura do peito maior que 5 cm), avaliados em 256 subparcelas de 4 m², 64 subparcelas de 25 m² e 16 parcelas de 100 m², respectivamente, amostrados em um fragmento de Floresta Estacional Decidual com histórico de alterações antrópicas. Foi realizada uma caracterização fitossociológica através do cálculo de parâmetros como densidade, frequência e dominância, em valores absolutos e relativos. Para análise da distribuição espacial utilizou-se o Índice de Morisita. A distribuição diamétrica foi realizada por meio de histogramas de classes de diâmetros. Observou-se um elevado número de indivíduos no ESTR1 (96,3% dos indivíduos amostrados), descontinuidade na distribuição diamétrica e um alto índice de agregação em todos os estratos. Os resultados evidenciam que a espécie exerce forte pressão no fragmento estudado, o que pode vir a prejudicar a estrutura ecossistêmica da floresta.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/cp.v26i3.4855


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo