Aspectos socioculturais e econômicos na área de proteção ambiental (APA) de Guaratuba, Paraná

ana paula donicht fernandes, Vitor Afonso Hoeflich, Mara Freire Rodrigues de Souza, Ivan Crespo Silva

Resumo


A Mata Atlântica se constitui num dos biomas mais importantes do Brasil e abriga populações tradicionais de caboclos e caiçaras. Este artigo analisa o perfil dos moradores tradicionais das quatro unidades de gestão nos limites da Área de Proteção Ambiental de Guaratuba (APA), no município de Guaratuba. A coleta de dados foi feita a partir de entrevistas com 70 famílias moradoras da APA. Os resultados demonstram que os moradores da APA, em sua maioria, podem ser caracterizados como tipicamente de unidade familiar, pois possuem propriedades com até 4 módulos fiscais e a maior parte da mão-de-obra é constituída por membros da família. O sistema de produção agrícola está presente em mais de 80% das propriedades, sendo que a banana se configura como a principal cultura da região. A produção florestal foi caracterizada por extrativismo em florestas nativas (59%), extrativismo em florestas plantadas (37%) e em produção madeireira (6%). Com relação aos instrumentos de políticas públicas, o crédito rural foi acessado por apenas 24,3% dos entrevistados e 41,42% relataram receber assistência técnica. A associação dos bananicultores é utilizada principalmente para assistência técnica, compra de insumos na produção e emissão do Certificado Fitossanitário de Origem. Não foram identificadas organizações para comercialização ou produção de produtos florestais não madeireiros. Conclui-se que a APA de Guaratuba possui um contexto sociocultural e econômico que pouco favorece o desenvolvimento das comunidades locais sendo imperioso o planejamento e elaboração de políticas públicas que assegurem a proteção da biodiversidade e o respeito à cultura das comunidades locais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/cp.v29i2.9654

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo