Oficinas de artes visuais: empoderamento e desenvolvimento de habilidades sociais para adolescentes em situação de risco social

Berliete Bolzani, Maria Georgina Marques Tonello, Cléria Maria Lobo Bittar

Resumo


Objetivo: desenvolver oficinas de artes visuais com adolescentes em situação de risco social, com ênfase na intervenção grupal, visando a criação de um espaço de troca de experiências, aproximação social e desenvolvimento de habilidades sociais, além de conhecer suas percepções sobre os trabalhos realizados nas oficinas. Método: estudo de natureza qualitativa, observacional e participante. Foram realizadas 30 oficinas uma vez por semana com um grupo de 18 adolescentes, de 11 a 15 anos, de ambos os sexos, assistidos por uma ONG. As atividades foram registradas em diário de campo, bem como os relatos, comentários, percepções e comportamento dos adolescentes, sobre as atividades realizadas e a impressão que estas lhes causavam. A transcrição destes relatos foi feita posteriormente, mantendo-se a fala original. Resultados: após a realização das oficinas, os adolescentes foram capazes de perceberem a si mesmos com mais assertividade, melhoraram sua autopercepção, foram capazes de identificar suas necessidades, seus limites e terem discernimento sobre o que podiam ou não fazer. Demonstraram maior interesse nos cuidados consigo e com sua aparência pessoal, além de terem modificado sua percepção em relação ao outro. Considerações finais: as oficinas proporcionaram melhora das habilidades sociais, no empoderamento, na autoestima, auxiliando-os a lidarem melhor com as situações do cotidiano. Trata-se de uma estratégia que está em consonância com os princípios da Promoção da Saúde, conforme preconiza a Organização Mundial da Saúde.

Palavras-chave


Educação; Promoção da Saúde; Artes Visuais; Adolescentes em risco social.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/cinergis.v17i3.7759

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo