AVALIAÇÃO DA EXTRAÇÃO DE PIGMENTOS NATURAIS DA BIOMASSA REMANESCENTE DE UM SISTEMA ALGAL TURF SCRUBBER (ATS)

João Antônio Altmeyer Júnior, Maiara Priscilla de Souza, Tiele Medianeira Rizzetti, Mainara Nicaretta Dahmer, Michele Hoeltz, Lisianne Brittes Benitez, Rosana de Cassia de Souza Schneider

Resumo


A biomassa proveniente de microrganismos contém recursos potencialmente renováveis e com a utilização correta pode-se gerar produtos de alto valor agregado, proporcionando um ganho ambiental e econômico. Um dos bioprodutos que apresenta grande potencial são os pigmentos naturais, os quais apresentam atividades biológicas benéficas. Assim, o foco desta pesquisa foi avaliar os pigmentos presentes na biomassa de um sistema Algal Turf Scrubber (ATS) em água de superfície local. A análise e identificação dos pigmentos foram realizadas através das técnicas de cromatografia em camada delgada (CCD) e de alta eficiência com detector por arranjo de diodos (CLAE-DAD). A espectroscopia de absorção no ultravioleta visível (UV-vis) e fluorescência com varredura foram também utilizadas para fornecer informações complementares dos extratos. A partir da análise por CLAE-DAD e com base na comparação dos tempos de retenção e dos espectros encontrados para cada pico cromatográfico foi possível estimar os possíveis pigmentos na biomassa. Assim, os pigmentos possíveis identificados foram: clorofila a, epímero da clorofila a, feoftina a1 e feoftina a2, diadinocromo, violaxantina e dois carotenoides desconhecidos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/rjp.v10i1.15220



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo


PRÓ-REITORIA ACADEMICA, DIREÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO


Av. Independência, 2293
CEP 96815-900 - Santa Cruz do Sul - RS
Bloco 25 - Sala 2501
Fone: +55-51-3717-7341