HÁBITOS SEDENTÁRIOS E SUA RELAÇÃO COM INDICADORES ANTROPOMÉTRICOS EM ESCOLARES DE SANTA CRUZ DO SUL – RS

Debora Tornquist, Luciana Tornquist, Leandro Tibiriçá Burgos, Miria Suzana Burgos

Resumo


Este estudo tem por objetivo analisar a relação entre hábitos sedentários praticados pelos escolares e indicadores antropométricos (IMC e percentual de gordura). Constituem-se sujeitos deste estudo 747 escolares do município de Santa Cruz do Sul, de ambos os sexos, na faixa etária dos 7 aos 17 anos. Os hábitos sedentários dos escolares foram investigados através de questionário e foram avaliados o Índice de Massa Corporal (IMC) e percentual de gordura (%G). Foi encontrada diferença estatisticamente significativa ao relacionarmos o número de horas dedicadas ao computador/videogame e o %G, sendo que os escolares com índice de gordura acima da zona recomendável apresentam maior percentual de dedicação de mais de duas horas a estas atividades sedentárias. Destaca-se que, no presente estudo, foi encontrado um elevado percentual de escolares que apresentam excesso de peso (31,5%) e percentual de gordura na faixa moderadamente alto/alto/muito alto (55,3%); e também se observou um grande percentual de escolares que dedicam mais de duas horas aos hábitos sedentários, em especial ao hábito de assistir TV (44,3%). Os altos índices de obesidade e de atividades sedentárias indicam a necessidade de implementar estratégias de incentivo às práticas de exercícios físicos e hábitos alimentares saudáveis na população escolar.

Palavras-chave


Obesidade; Sedentarismo; Crianças; Adolescentes.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/rjp.v3i2.4087



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo


PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO


Av. Independência, 2293
CEP 96815-900 - Santa Cruz do Sul - RS
Bloco 25 - Sala 2501
Fone: +55-51-3717-7341