CRIAÇÃO E LEITURA POÉTICA – UMA PERSPECTIVA BACHELARDIANA

Roseane Graziela da Silva, Norberto Perkoski

Resumo


Este trabalho objetiva analisar a tríade criador-obra-leitor no texto lírico, tendo como embasamento teórico os estudos do filósofo francês Gaston Bachelard acerca da fenomenologia poética. Para isso, buscamos articular posicionamentos teóricos sobre os aspectos cognitivos e emocionais envolvendo leitura e poesia, estabelecendo oposições e confluências entre o par fruição/cognição relacionadas ao texto poético. Pretendemos, através do presente artigo, apresentar as possíveis contribuições da leitura poética, seja no que diz respeito à formação humanística do indivíduo – tendo em vista o adensamento da percepção existencial do sujeito – seja no que tange à sua formação cultural.

Palavras-chave


Poesia; Leitura; Fenomenologia; Gaston Bachelard; Cognição; Emoções.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/rjp.v3i3.4280



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo


PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO


Av. Independência, 2293
CEP 96815-900 - Santa Cruz do Sul - RS
Bloco 25 - Sala 2501
Fone: +55-51-3717-7341