AVALIAÇÃO DO FATOR DE BIOACUMULAÇÃO DE CÁDMIO EM MINHOCAS NO PROCESSO DE VERMICOMPOSTAGEM

Rosecler Ribeiro, Maira Cristina Martini, Wagner Manica Carlesso, Simone Stülp, Eduardo Miranda Ethur, Lucélia Hoehne

Resumo


A vermicompostagem é um processo biotecnológico que utiliza resíduos orgânicos e transforma em materiais ricos em nutrientes. Alguns resíduos podem conter metais pesados como Cd e se torna interessante avaliar a presença deste elemento no processo de adaptação das minhocas, bem como sua disponibilidade após a vermicultura. Assim, o objetivo desse trabalho foi verificar o Fator de Bioacumulação do Cádmio nas minhocas no processo de vermicompostagem vertical e horizontal e avaliar a biodisponibilidade do metal no composto final. Dessa forma, fez-se a mistura de húmus e esterco bovino na proporção 1:1 e adicionou-se 100 mg Cd kg-1 de substrato úmido, inoculou-se 10 minhocas Eisenia andrei (Vermelha da Califórnia) em minhocários na forma vertical e horizontal por 60 dias. Conforme resultados, houve aumento da biomassa das minhocas em ambos tipos de minhocários. No teste de fuga, as minhocas rejeitaram o meio contaminado. O fator de bioacumulação foi maior que 1, portanto, evidencia-se o acumulo de Cd nos tecidos. Em relação à concentração de Cd nos substratos durante o processo de vermicompostagem não houve diferenças estatísticas, constatando que não houve diminuição do metal no composto.

Palavras-chave


Húmus. Fator de Bioacumulação. Eisenia andrei.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/rjp.v5i1.5563



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo


PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO


Av. Independência, 2293
CEP 96815-900 - Santa Cruz do Sul - RS
Bloco 25 - Sala 2501
Fone: +55-51-3717-7341