ENTRE O CUIDADO INTEGRAL À SAÚDE E A FIXAÇÃO AO TERRITÓRIO: O CASO DOS USUÁRIOS NÔMADES EM UMA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA

Amanda Cappellari, Caroline da Rosa Couto, Betina Hillesheim

Resumo


Introdução: As políticas públicas de saúde se organizam a partir do pressuposto da territorialidade, buscando a inclusão de usuários mediante estratégias consideradas mais adequadas para cada território. Assim, aqueles que não se enquadram na lógica de fixação, como os nômades, desafiam o parâmetro “saúde para todos” proposto pelo Sistema Único de Saúde. Objetivo: Objetiva-se apresentar as discussões realizadas na pesquisa A saúde e a lógica de inclusão: entre o território e os nômades, a qual investiga as formas pelas quais se constroem as noções de território e inclusão no campo da saúde. Metodologia: Foi utilizado o método cartográfico, conforme as teorizações de Deleuze e Guattari. A produção de dados foi realizada a partir de observações participantes no cotidiano de uma Estratégia de Saúde da Família, no município de Santa Cruz do Sul. Principais resultados: Verificou-se que a transitoriedade das pessoas é um problema para as equipes de saúde, implicando, algumas vezes, na fragilização da vinculação e do cuidado dos mesmos. Conclusão: Entende-se que as políticas públicas, através de suas estratégias de controle e governamento, se constituem como um dispositivo de produção de novas subjetividades. Logo, aqueles que não se ajustam aos modos mais adequados de ser usuário, desafiam as maneiras de se trabalhar e produzir saúde.

Palavras-chave


Políticas públicas de saúde. Inclusão. Produção de subjetividades. Nomadismo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/rjp.v5i2.5746



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo


PRÓ-REITORIA ACADEMICA, DIREÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO


Av. Independência, 2293
CEP 96815-900 - Santa Cruz do Sul - RS
Bloco 25 - Sala 2501
Fone: +55-51-3717-7341