ESTUDOS DE NARRATIVAS SOBRE MEMÓRIAS DE ALFABETIZAÇÃO: ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE LETRAMENTO E NUMERAMENTO

Maira Bartira Kaufmann, Graziela Rodrigues Lucas, Maria Eduarda de Melo Silveira, Cláudio José de Oliveira, Felipe Gustsack

Resumo


Apresentamos, a partir do presente artigo, alguns dos resultados parciais do projeto de pesquisa “Linguagem e Educação Matemática para a Educação Básica: um estudo de experiências pedagógicas”, que tem como objetivo geral estudar a formação de professores e suas experiências pedagógicas nas escolas de Educação Básica. O referencial teórico está concebido, principalmente, a partir dos estudos de Jorge Larrosa, Angela Kleiman e Maria Celeste Souza em relação aos conceitos de narrativa, letramento e numeramento, respectivamente. A produção e discussão de dados, por sua vez, se deu a partir de encontros quinzenais com o grupo da pesquisa, constituído por acadêmicos de cursos da graduação da UNISC, por mestrandos do PPGEdu/UNISC e por professores da rede pública estadual de ensino. Para a escrita deste texto, entretanto, consideramos as narrativas de dez professores participantes do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa – PNAIC acerca de suas memórias de alfabetização, buscando compreender de que forma os conceitos de letramento e numeramento eram apresentados nos enunciados. A partir da análise do material, percebemos que o processo de alfabetização demonstra um distanciamento dos campos da vida social, estando muito mais associado ao ensino de práticas e à aprendizagem de habilidades individuais de escrita e leitura.

Palavras-chave


Narrativas. Letramento. Numeramento. PNAIC.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/rjp.v5i2.5763



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo


PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO


Av. Independência, 2293
CEP 96815-900 - Santa Cruz do Sul - RS
Bloco 25 - Sala 2501
Fone: +55-51-3717-7341