UMA ANÁLISE DAS MUDANÇAS NAS DINÂMICAS ASSOCIATIVAS DE DUAS ORGANIZAÇÕES DA ÁREA DA ASSISTÊNCIA NA REGIÃO DO VALE DO RIO PARDO

Millena Rodrigues Hermes, Cláudia Tirelli

Resumo


O artigo analisa de que forma a reconfiguração do campo da assistência, observada no Brasil a partir do final dos anos de 1980 e ao longo da década de 1990, vem alterando as dinâmicas associativas das organizações da sociedade civil em termos dos seus repertórios organizacionais e de ação, da adoção de novos marcos interpretativos e do acesso a recursos financeiros. A investigação empírica da pesquisa foi realizada por meio de dois estudos de caso em organizações sociais com trajetórias institucionais distintas, mas que participaram do programa Rede Parceria Social na Região do Vale do Rio Pardo no mesmo período (2008-2013). Como resultado, a pesquisa aponta que as oportunidades políticas são apropriadas de forma diversa pelos atores associativos, de acordo com as suas trajetórias institucionais e a sua posição no campo da assistência, contestando as teses que apontam para um processo amplo de colonização dos atores da sociedade civil pelo mercado ou de sua hegemonização por um projeto político neoliberal.

Palavras-chave


Reconfiguração da assistência. Dinâmicas associativas. Sociedade civil.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/rjp.v5i2.5802



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo


PRÓ-REITORIA ACADEMICA, DIREÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO


Av. Independência, 2293
CEP 96815-900 - Santa Cruz do Sul - RS
Bloco 25 - Sala 2501
Fone: +55-51-3717-7341