Identificação de três espécies de Candida por PCR em tempo real

Alessandra Koehler, Danieli Rosane Dallemole, Lucas Brixner Riça, Valeriano Antonio Corbellini, Alexandre Rieger

Resumo


Infecções causadas por leveduras do gênero Candida são muito prevalentes. A correta identificação da espécie é uma etapa fundamental para a escolha do tratamento adequado, mas os métodos tradicionais apresentam limitações. Assim, o objetivo do presente trabalho foi padronizar uma reação de PCR em tempo real (qPCR) para identificação de Candida albicans, C. glabrata e C. parapsilosis, que é uma técnica mais rápida para o diagnóstico. As amostras utilizadas consistiram em DNA extraído de cepas padrão. Realizou-se uma qPCR com SybrGreen® e diluições seriadas das amostras, com as mesmas condições do trabalho em que foram descritos os primers utilizados. Nesse ensaio os resultados foram satisfatórios apenas para C. parapsilosis, pois em C. albicans e C. glabrata, apesar de ocorrer a amplificação da sequência alvo, houve formação de produtos inespecíficos nas reações. Foi feita então uma análise in silico dos primers, que sugeriu não haver problemas significativos em sua construção, contudo encontrou-se alguns problemas de especificidade para C. parapsilosis e C. glabrata. Conclui-se que são necessários estudos posteriores para desenvolvimento e validação de novos primers que mostrem maior sensibilidade e especificidade para as espécies patogênicas.

Palavras-chave


Candida spp. PCR em tempo real. Análise in silico.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/rjp.v6i1.7341



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo


PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO


Av. Independência, 2293
CEP 96815-900 - Santa Cruz do Sul - RS
Bloco 25 - Sala 2501
Fone: +55-51-3717-7341