Áreas Urbanas Funcionais (FUAs): Um estudo exploratório a partir da análise dos deslocamentos pendulares na região do Vale do Rio Pardo – RS -Brasil

Carolina Rezende Faccin, Leonardo Lumi da Silveira, Grazielle Betina Brandt, Rogerio Leandro Lima da Silveira

Resumo


Um dos métodos de análise que auxiliam na compreensão das dinâmicas entre regiões é o da delimitação de Áreas Urbanas Funcionais (FUAs), que se referem à categorização de núcleos urbanos centrais inter-relacionados a outros municípios por fluxos de pessoas, bens e serviços. Nesse sentido, este estudo exploratório, objetiva identificar possíveis FUAs na região do Vale do Rio Pardo. Para isso, foram coletados dados secundários referentes aos deslocamentos pendulares (para estudo e trabalho), utilizando-se dos microdados do Censo Demográfico de 2010 do IBGE. Pode-se observar a constituição de duas FUAs na região do Vale do Rio Pardo, sendo a de Santa Cruz do Sul e a de Venâncio Aires, evidenciando uma importante articulação econômica entre os municípios da região em relação ao mercado de trabalho e uma forte influência de Santa Cruz do Sul na dinâmica territorial e na rede urbana regional.

Palavras-chave


Áreas Urbanas Funcionais. Rede Urbana. Dinâmica Territorial. Deslocamentos pendulares. Região do Vale do Rio Pardo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/rjp.v7i1.9319



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo


PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO


Av. Independência, 2293
CEP 96815-900 - Santa Cruz do Sul - RS
Bloco 25 - Sala 2501
Fone: +55-51-3717-7341