AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS EM ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE (SISTEMA AQUÍFERO GUARANI – SAG), BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARDO, RS, BRASIL

Adilson Ben da Costa, Roberta Cristina Kaufmann, Marco Antonio Fontoura Hansen, Alcido Kirst, Eduardo Alexis Lobo

Resumo


O objetivo principal deste estudo foi avaliar a qualidade das águas subterrâneas em áreas de preservação permanente (Sistema Aqüífero Guarani – SAG) da Bacia Hidrográfica do Rio Pardo, RS, Brasil, através de variáveis físicas, químicas e microbiológicas, tendo como base a resolução nº 396 do Conselho Nacional do Meio Ambiente – CONAMA. Nove pontos de coleta foram distribuídos ao longo da bacia, nos quais as águas subterrâneas foram classificadas quanto aos íons de maior ocorrência quantitativa através do diagrama de Piper. Os resultados indicaram que a maioria dos poços avaliados enquadraram-se na Classe 4 de usos da água, correspondendo a águas de usos menos restritivos. Entretanto, deve-se considerar que os aquíferos se apresentam em diferentes contextos geológicos, e que possuem características físicas, químicas e biológicas intrínsecas, com variações hidrogeoquímicas, sendo necessário que as suas classes de qualidade sejam pautadas nessas especificidades, como se observou no diagrama de Piper, onde as amostras P1, P2, P3, P5 e P9 classificaram-se como bicarbonatadas cálcicas, as águas dos pontos P4, P6, P7 como bicarbonatadas sódicas e P8 se classificou como sulfatada. Verificou-se que a qualidade das águas de poços com profundidade inferior a 6 m está mais vulnerável devido a alterações antrópicas em função da concentração de nitrato, coliformes totais e termotolerantes, enquanto que a qualidade das águas de poços mais profundos depende basicamente de suas características hidrogeológicas e hidrogeoquímicas naturais, em função das variáveis sulfato e sódio. Contudo, também apresentaram contaminação por atividade antrópica, principalmente pela variável nitrato.

Palavras-chave


Qualidade da água subterrânea; Sistema Aqüífero Guarani (SAG); Bacia Hidrográfica do Rio Pardo

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/tecnolog.v14i1.1195

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo