Considerações a riscos geotécnicos em barragens de rejeito

Fernando Alves Cantini Cardozo, Cesar Alberto Ruver, Wai Ying Yuk Gehling

Resumo


Este trabalho visa abordar os riscos associados a barragens de rejeito da mineração quanto à influência de variações de parâmetros de projeto frente a estabilidade da estrutura e possíveis alternativas de projeto que visem a minimização de Riscos. Para tanto foi realizada por meio da estruturação de modelos computacionais de barragens hipotéticas, com parâmetros de projeto baseados em dados reais de caracterização de materiais disponíveis em bibliografia, a verificação do comportamento das estruturas frente a variações de parâmetros geotécnicos e de projeto, onde se verificou a sensibilidade do método construtivo frente a tais variações. Verificou-se que o método de alteamento a montante possui sensibilidade a variações, principalmente a critérios relacionados com a drenagem (interna e externa). Avaliou-se também o uso de análise probabilística como ferramenta para melhor entendimento dos riscos associados a um barramento e quais os parâmetros de entrada tem maior relevância. Viu-se que tal ferramenta possui grande potencial de aplicação. Quanto a minimização de riscos são apresentadas metodologias e premissas de projetos e de monitoramento que visam a gerência sobre os riscos associados a estrutura.

Palavras-chave


Engenharia Geotécnica; Barragens de Rejeito; Mineração; Análise de Risco

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/tecnolog.v24i1.14284

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo