ANÁLISE DE IMPACTO DE VIZINHANÇA CAUSADO POR RUÍDO DE ACADEMIA DE MUSCULAÇÃO EM UM SALÃO DE CABELEIREIRO

Diani Fernanda Silva, Maria Isabel Coltro Crovador, Carolina Gil Garcia, Juliana De Conto

Resumo


A análise de impacto de vizinhança referente à produção de ruídos é extremamente importante para a concepção de um ambiente residencial e de trabalho provido de condições salubres, independente do ramo de atividade exercida no local. De acordo com a norma regulamentadora NBR 10151, responsável pela imposição dos limites de ruído produzidos por estabelecimentos comerciais e administrativos visando o conforto acústico da comunidade circunvizinha, os valores máximos permitidos, sem produzir males, são de 60 dB para o período diurno e 55 dB no período noturno. Ambientes como academias de musculação, ginástica e condicionamento físico utilizam a música como incentivo para os exercícios, no entanto, o excesso de ruído contínuo, intenso ou não, produzido pelos aparelhos de som nestes locais, causa incômodos imensuráveis para os ambientes adjacentes, como o salão de cabeleireiro analisado no presente trabalho. Dentre as perturbações destacam-se as alterações relacionados à saúde dos profissionais como problemas digestivos, dores de cabeça, falta de concentração e atenção, tontura, cansaço e estresse, ansiedade e insônia. O ruído é um “resíduo” inevitável, resultante de praticamente todas as atividades exercidas pelos indivíduos, cabe a nós apenas evitar que o mesmo importune aos que nos cercam, respeitando e possibilitando uma qualidade de vida adequada a todos.

Palavras-chave


qualidade sonora; controle acústico

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/tecnolog.v15i2.1674

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo