REMOÇÃO E CONCENTRAÇÃO DE URÂNIO DE REJEITO DE MINA

Elizângela Augusta Santos, Ana Cláudia Queiroz Ladeira

Resumo


A utilização de agentes lixiviantes como citrato de sódio e carbonato de amônio foram estudados para a recuperação de urânio (U) de um rejeito de mina. Técnicas de concentração como precipitação e troca iônica foram avaliadas. O rejeito estudado apresenta 0,25% de U. Resultados mostraram extração máxima de aproximadamente 40% para ambos os reagentes. 62% de U foram precipitados do licor da lixiviação empregando-se solução a 10 mol L-1 de NaOH. Os carregamentos máximos do metal obtidos a pH 3,9 apontaram uma maior capacidade de remoção empregando-se a resina IRA 910 U cujo valor de carregamento máximo foi de 126,9 mg g-1 e de 148,3 mg g-1 para a DOWEX RPU.

Palavras-chave


tecnologia ambiental; química ambiental

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/tecnolog.v15i1.2065

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo